Como evitar e corrigir o uso indevido do seu NIB ou IBAN

A SEPA (Área Única de Pagamentos em Euros) visa criar uma espaço único na zona euro de modo a uniformizar pagamentos.

Quem já contratou seguros com pagamento por débito em conta já preencheu e assinou um documento destes.

Acontece que têm vindo a lume noticias sobre a insegurança e uso indevido de NIB/IBAN devido à norma SEPA.

Por norma, a nível de seguros, a seguradora só debita após ter o documento SEPA assinado pelo titular da conta à ordem. Tal postura está correcta.

Passando para a utilização SEPA a nível geral em todas as áreas da economia (luz, água, telecomunicações, etc):

Se houver uso indevido do seu NIB e se constatar tal facto no seu extracto, aja da seguinte forma:

1º – Cancele a autorização no multibanco ou envie mail ao seu gestor de conta ou dirija-se ao seu Banco para o efeito

2º – Peça ao Banco para repor o montante ou montantes indevidamente cobrados. Tenha a atenção que só tem 30 dias após a data do débito do valor em causa para reclamar.

Problema resolvido 🙂

Entretanto, a equipa que criou a SEPA está a corrigir  as anomalias que possam dar origem a fraudes. Decerto que o sistema estará devidamente funcional e seguro em breve.

Acompanhe-nos no Facebook

Cordiais Saudações

Pedro Monteiro

Deixe um Comentário

5 Comentários.

  1. Relativamente ao valor pago no crédito habitação, verifiquei que estou a pagar mais do que em 2010 (quase 20€ / mês) pelo seguro de vida, apesar do capital em divida ter diminuido cerca de 20000€. É possível?
    Muito Obrigada

  2. Pedro, Bom Dia

    verifique se serão 30 ou 45 dias.

    Pode indicar a base legal?
    Cumprimentos,
    Carlos

Deixe um Comentário


NOTA - Você pode usar estesHTML Tags e atributos:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>