Como cancelar uma matrícula eficazmente nas Finanças

Já alguma vez vendeu ou deu à troca a sua viatura por uma nova?

Já alguma vez recebeu uma carta das Finanças para pagar o IUC (Imposto Único de Circulação) da viatura que vendeu há seis meses?

Se sim, este artigo é para si.

Você vendeu o carro a um stand por troca de outro, mas o stand ou a quem vendeu o carro não registou a viatura junto das autoridades competentes.

Aconselho a que após a venda se certifique que o stand ou a quem vendeu o carro transfere a propriedade do seu antigo veículo. Caso não o faça, mesmo após você ter alertado para o facto e mesmo assim a situação se mantiver, pode mandar apreender o veículo

Veja no Portal do Cidadão como o pode fazer.

Comente e torne-se nosso fã no Facebook.

Cordiais Saudações

Pedro Monteiro

Deixar Comentário

70 Comentários

  1. Bom dia, também tive um caso destes a ser notificada para pagar imposto de um carro que entreguei para a sucata á 10 anos.
    Aconselharam me a consultar a página
    https://www.facebook.com/pages/N%C3%A3o-v%C3%A1-para-as-Filas-n%C3%B3s-vamos-por-si/221034494693953, resolvi a situação.
    Pelo menos já não pago mais Iuc.

  2. Boa Tarde,
    Tive uma firma e um dos camiões já não tinha inspecção( já não circulava)pois a cabine estava velha e não passava na inspecção. Resolvi então vender a um sucateiro para peças em 2007, entreguei os documentos na DGV em faro para cancelar a matricula e não recebi nada que comprovasse o cancelamento. Pensando eu que estava tudo resolvido, em Novembro de 2007 fechei a firma sem dividas, deixando tudo tratado nas finanças e na conservatória e em 2013 aparece o IUC do camião para pagar desde 2008, paguei o de 2008 e ainda querem os restantes anos e eu não tenho nada como comprove que os documentos deram entrada na DGV em Faro para o abate da matricula. Como posso resolver esta situação uma vez que a advogada diz que o camião estava em nome da firma e que a firma fechou sem dividas e as finanças continuam a dizer o contrário, que tenho que pagar?

    • Boa tarde Fatima

      A advogada tem obrigação de a esclarecer nessa matéria. Pena não ter ficado com os comprovativos da DGV.
      Já lá foi para obter novos comprovativos ?

      • As finanças exigem ilegalmente o imposto.
        Tenho um caso idêntico em tribunal.
        Veja o decreto lei 78/2008 de 6 de maio e o comunicado de imprensa do ministério das finanças de 25 de fevereiro de 2008 no ponto 5, 6, e 7.
        Ainda há mais razões na lei para não pagar!…meo n tel.917508615

  3. Paulo…

    Aconselho a não dar o seu documento enquanto o carro nao passar para nome de outra pessoa. Ja propus ate pagar a transferencia. É muito melhor pagar 65€ e você ter a certeza que seu problema ficara resolvido.Não é ficar na incerteza que daqui os anos o carro esta por ai no seu nome. Depois acontece algum acidente(matar alguem) estas ferrado. boa sorte e com relação ao meu problema vai ser resolvido eu pagando a transferencia, sera menos 65 € no meu orçamento, mas me livro para sempre desse problema. abraço

  4. No dia 15/11/2012 pedi no portal Automóvel Online, a apreensão administrativa de veículos, encontra se concluído o estado do pedido. Se imprimir o estado do pedido. Servira como pedido de apreensão do veiculo.
    Sei que para se cancelar a matricula é necessário deslocar me ao IMTT, preencher o formulário Modelo 9 IMTT. O problema é que quanto ao livrete não tenho posse dele, porque se encontrava no carro que está dado como desaparecido. Gostaria de saber o que tenho que fazer para cancelar a matricula? Obrigado.

  5. Vendi um carro e por falta de experiência so recebi um termo de resposabilidade assinado e preenchida pelo comprador. Não fiquei com os documentos (cópiaa) como tambem não passei a copia do meu documento. So assinou o modelo de venda e sem data, somente minha assinatura. Passado dois dias o novo dono do carro me liga com interesse em passar o carro para nome dele e quer a cópia do meu documento. Informo que vou com ele ao local para passar para nome dele e ele me informa que não vai passar agora que tem interesse em vender para outra pessoa, mas queria que eu desse a copia do meu documento. Nessa situação o que fazer? informo a ele que só vou dar a copia no momento que for passar para o nome do novo proprietário? estou agindo certo? com o termo de responsabilidade assinado tem algum valor sem a copia do bi do comprador? favor me ajudem sou leigo nesse assunto e estou a viver isso a 4 dias e isso me deixa muito preocupado. Abraço a todos e obrigado

    • estou passando pela mesma situação alguem poderia nos ajudar.

    • Boa tarde Oliveira

      Dê a cópia do documento quando passar para o novo proprietário.
      Preencha o modelo do IMTT de transferencia de propriedade de viaturas, comprador e vendedor devem assinar a mesma e entregar no IMTT. Esta é a forma mais segura. Da forma como está a proceder, pode trazer-lhe problemas.

  6. Eu estou numa situação que vo dar a locura,2 viatura vendida em 2010, mandada apreender em 2010, o IMTT não da respostas claras, e as autoridades dizem-me que devido aos imensos pedidos de apreensão efetivados pelo IMTT da retardo o meu processo, pelo que não me passam declaração alguma. Andam a gozar comigo, e estou farto de gastar dinheiro em viagens e telefone e pedidos. Agora as Finanças vêm novamente à carga com ameaças sobre o IUC já não sei mais o que fazer..3 anos com esta cruz y nenhuma entidade coopera so quero ficar libre de esta situação e mais por q as finanzas tao ameazar..Já mostrei as finanzas provas ni queren saber..Alguma dica ..abrazôs. :sad:

  7. Parabens pelo seu trabalho neste blogue.
    Vendi um carro há 20 anos que foi revendido..Achava eu! Sucede que o carro está ainda meu nome e tenho recebido o IUC para pagar com coimas (paguei tudo). De acordo com a C,R Automovel de Coimbra os documentos da viatura foram apreendidos (e estão na referida conservatoria) em 2006…Mas não sei o que fazer para deixar de pagar o IUC e deixar de figurar como proprietaria do automovel! Agradeço qualquer ajudaou dica. Cumprimentos

  8. Boa Tarde
    Agradeço o seu blog,mas no entanto o que anda a pregar não é verdade.Antes de vir para aqui aconselhar as pessoas veja se a sua informação é credivel…pois a apreensão do carro só por si não serve de nada….

    • Boa tarde Ricardo

      Não há ninguém que transmita todas as informações isentas de erros. Gostaria de ter a sua colaboração mencionando o que é que se pode fazer mais além da apreensão da viatura.
      A colaboração de todos é importante.
      Obrigado
      Pedro Monteiro

  9. O meu pai teve um carro com matricula de 1974 que foi entregue para abate á 22 anos. Agora com estas noticias sobre as notificações das finanças do IUC, tive curiosidade e fui ver se está alguma coisa em nome dele. Este carro entregue para abate á 22 anos está em nome dele. Na altura n ficamos com documento nenhum em como o entregámos e nem tão pouco temos os documentos do carro a esta altura do campeonato. Como é que se pode pedir o cancelamento da matricula sem termos documentos?

  10. Em 2002 tive um acidente de mota provocado por terceiro, nessa mesma altura a seguradora da contraparte levou a mota para o centro de abate, pagando-me apenas o valor comercial.

    Agora, as finanças mandaram me uma notificação para pagar os IUC de 2008 até à data, dizendo que eu sou o proprietário.
    E a seguradora não me quer passar uma declaração conforme eles ficaram com a mota.Que devo fazer? desde Já obrigada

  11. Boa tarde,

    Não sei se estou a colocar esta questão no local indicado, mas o tópico despertou-me interesse por tenho uma situação semelhante a ocorrer comigo.
    Passo a descrever: em Dezembro de 2007 tive um acidente de viação sem culpa, e em Junho de 2008 a seguradora deu perda total do veículo (tenho a carta da seguradora com esta indicação).
    Há cerca de um ano, constatei que o veículo ainda constava como meu no site da Autoridade Tributária. Desde então que contacto a seguradora com um pedido de esclarecimento. A única informação que me dão é que estão a tentar contactar a empresa que transacionou o salvado. Neste momento a seguradora já nem sequer responde aos meus emails.
    Esta semana, recebo uma carta da Autoridade Tributária a reclamar o pagamento do IUC desde 2009.
    O que me aconselham a fazer? A quem posso reclamar? Pondero fazer o pagamento dos IUC em falta pois não quero problemas com as finanças, mas sinceramente não acho que este custo deva ser suportado por mim…

    Obrigado pela vossa ajuda
    Miguel Pinto

    • Boa tarde Miguel

      Lamento a demora na resposta, mas só hoje é que o seu comentário apareceu na moderação do blog. Tal deveu-se a problemas técnicos
      O artigo foi actualizado poque havia algumas incorrecções. Queira ir a este link do portal do cidadão:
      https://www.portaldocidadao.pt/PORTAL/entidades/MEE/IMTT/pt/SER_pedido+de+cancelamento+de+matricula.htm

      Reclame junto da AT juntando a carta da seguradora com a perda total. Penso que resolverá.
      Cumprimentos
      Pedro Monteiro

      • Boa tarde,
        Venho apenas dar uma atualização relativamente à este assunto.
        Por recomendação do ISP, fiz o pagamento dos IUC em atraso e reclamei os valor junto da Vitória Seguros.
        Resposta da Vitoria: a empresa que comprou o salvado, como é do conhecimento publico, abriu falência, pelo que a Vitória Seguros declina qualquer responsabilidade. (a dita empresa chama-se O2 e é sediada em Coimbra).

        • Caro Miguel

          A Victoria tem razão. O salvado foi vendido a uma empresa que poderia recuperar a viatura. O registo passa para o nome dessa empresa.
          Deduzo que tenha recebido a resposta por escrito. Pegue nas 2 cartas, vá às Finanças e peça o reembolso do IUC. Não sei se vai funcionar, mas era o que faria.

  12. Bom dia,
    Acabo de viver o meesmo choque que muitos outros utilizadores desta página.
    Vendi o meu carro em 2008 e em 2010 verifiquei que ainda estava em meu nome. Consegui que o novo dono fosse comigo a um notário e fizemos um documento em que ele assume ser o proprietário do carro desde 2008.
    No entanto, as financas só levam em conta a data desse documento e cobram-me os imposto de 2009 e 2010! Como pode ser isto?
    Sinceramente, nao compreendo! Desde já obrigada

  13. Boa tarde,

    Fiz o pedido de apreensao de um veiculo que vendi e que ainda esta em meu nome. Mas fui informada pelo IMTT que depois de 6 meses se eu quiser retirar o veiculo do meu nome terei que fazer um pedido de canlamento junto do IMTT com os seguintes documentos:
    Os documentos para cancelamento após um pedido de apreensão são:

    - Mod.9/IMTT em duplicado a solicitar o cancelamento;

    - Cópia do pedido de apreensão já efetuado anteriormente;

    - Declaração das Autoridades Policiais (PSP ou GNR) em como á data o veículo ainda não foi encontrado.

    No entanto e dito aqui que a matricula e cancelada automaticamente. Esta informacao esta desactualizada?

  14. Olá, em 8 de outubro foi cancelada uma matricula que um stand também não tnha feito a mudança, obrigando-me a pagar os respetivos anos em atraso, tenho agora de pagar 2009, 2010 e 2011. Com este pagamento e o cancelamento da matricula foi feito como disse, no dia 8 de outubro de 2012 com data do ano da matricula em 11 de novembro, pergunto se ainda terei de pagar o de 2012? Obrigado

  15. Boa Tarde,
    Vendi um carro em 2006 tenho declaração de venda e termo de responsabilidade do mesmo assinado pelo comprador só que o mesmo nem se deu ao trabalho de alterar a mudança de nome,agora tenho multas atraz de multas para pagar desde 2008 já mandei apreender a viatura no site de online onde paguei 10 euros por 2 vezes e este ano igual mas 15 euros e as multas não param de vir para minha casa, vou ás finanças e apresento os documentos de venda e eles dizem que está em meu nome não do comprador e como tal tenho de pagar,que posso eu fazer?

    • Caro José Sampaio

      Aconselho a que recorra a um advogado. Se fez a apreensão da viatura, não deveria pagar as multas e encargos posteriores a essa apreensão.
      Cumprimentos

    • acontece o mesmo comigo temos de mandar dentro do prazo de pagamento uma carta registada ao presidente da autoridade nacional de segurança rodoviária a reclamar a contra ordenação e as provas

  16. Boa noite,

    Em Março fiz uma troca do meu automovel num stand, por outro mais caro, e no site das finanças, aparece o que comprei, e o meu ex-opel, cujo UIC tenho que pagar. Ou seja, tenho nas financas como se tivesse 2 carros. É normal demorar estes meses até que o registo desapareça do registo nas financas? pergunto isto porque so á sensivelmente há um mes/mes e meio é que apareceu o actual carro no registo de veiculos que possuo. AJUDA

  17. Boa tarde,
    Em 12 de Março de 2009 vendi uma carrinha a um stand á troca de outra viatura. Tenho comigo o termo de responsabilidade devidamete assinado do stand (onde consta a matricula, data e hora em que a viatura foi entregue) referindo que entre outras coisas se responsabiliza pelo pagamento de selos e imposto e circulação da viatura vendida a partir dessa data.O IUC da viatura em questão era devido todos os anos em Maio, mês da matricula…na altura fui entretanto vendo no site das finanças se a viatura ainda lá constava como sendo minha propriedade…realmente ainda antes do final de Maio/09 a mesma deixou de aparecer e eu não me preocupei mais, (apesar de as Finanças á altura ainda terem enviado para mim a refª para pagar eu o IUC)…Agora recebi á uns dias o tal mail das finanças a dizer que a viatura tinha o IUC de 2009 por liquidar,(e confirma mesmo que a viatura deixou de ser minha propriedade a 27-05-2009) mas como no cadastro da mesma o IUC estava em falta, eu terei de o pagar. Ora conforme confirmei, segundo dados do IRN e IMTT o registo de propriedade foi alterado para o nome do novo proprietario a 27-05-2009…agora: não tenho culpa que stand não tivesse feito logo a mudança do registo qdo me comprou a viatura; e a pessoa que a comprou depois ao stand, andou com a viatura um ano inteiro sem pagar o IUC? Já enviei um mail ás finanças da minha area de residencia com o termo de responsabilidade onde junto do stand ou do novo proprietario, pois eu deixei de usufruir da viatura em Março desse ano e passou a ser sua propriedade a dias do final de Maio ainda…já solicitei ao stand um comprovativo do pagamento do IUC, mas duvido que tenha sorte…O que devo fazer? Pagar? E se o novo proprietario pagou tambem? As finanças recebem o IUC desse ano a dobrar( sorte grande!) :???: …como é que eu consigo saber se o novo proprietario pagou ou não? Help!!!

  18. caro Sr. Pedro monteiro, estou na mesma situação com pedidos de apreensão as autoridades feito no próprio IMTT ate e mail mandei para as finanças de lisboa e nem o IMTT nem policia nem IMTT me resolvem a situação. a resposta é tivesse registado o veiculo. agradeço o blog e tudo o que me possam ajudar mas a verdade é que as autoridades estão-se a marimbar. o pedido no IMTT foi em 2009 e já fiz online 2 vezes.se for as finanças não resolvem porque existe a propriedade e ela tem que estar registada, dito nas finanças, por isso tem que ser paga. segundo o registo automóvel só há uma maneira de o fazer, é saber todos os dados e fazer o registo que depois o novo proprietário poder contestar em tribunal, o problema é que foi a um stand e já não existe. que devo mais.

  19. Eu comprei a uma empresa um lote de carrinhas velhas que revendi a terceiros. Houve uma das carrinhas que estava no lote que foi para abate mas nao fiquei com nenhuma declaração do abate (foi entregue a um sucateiro qualquer para peças). Tenho pago todos os IUC de todos os anos mas queria este ano cancelar a matricula do veiculo que se encontra ainda em nome do antigo proprietario(empresa).Como conseguirei cancelar a matricula?so tenho comido o documento unico da carrinha

  20. Pedido de Apreensão através do Automóvel online

    Era muito bom que assim fosse. Mas infelizmente a reakidade é diferente. Fiz o pedido de apreensão de um veiculo em 2009 no automovel online e este mês (Abril/2013) apareceu-me um oficio do IMTT a informar que para a apreensão ser válida tenho que fazer o pedido no IMTT (mod. 9) e pagar 10 € (coisa que em 2009 o site não avisava). Desde 2009 tenho sido incomodado pelas Finanças em relação ao IUC. Agora estou tal como em 2009 (estaca 0).
    É bom que não confiem muito nesse site que pelo vistos não serve para nada.
    Cumprimentos,

    • Boa tarde Sr. Mário

      Lamento o tom do seu mail e lamento que não tenha lido com atenção.
      Passo a transcrever o parágrafo:

      Aconselho a que após a venda se certifique que o stand ou a quem vendeu o carro transfere a propriedade do seu antigo veículo. Caso não o faça, mesmo após você ter alertado para o facto e mesmo assim a situação se mantiver, pode mandar apreender o veículo junto da PSP ou GNR ou IMTT ou então no site do Automóvel Online

      E agradeço mais respeito porque este blog é um blog de seguros feito por mim e dedicado ao publico em geral sem qualquer contrapartida financeira.
      Cumprimentos
      Pedro Monteiro

      • A minha situação é parecida, comprei um carro em abril de 2010 e o stand ficou responsavel por fazer o abate de fim de vida do carro que dei para o benefício fiscal. O problema é que a empresa que fez a destruição do veículo só o fez em janeiro de 2011 e o IMTT só cancelou a matrícula em maio desse ano. Resultado, IUC de 2010 e 2011 para pagar. Após vários telefonemas junto do stand e das finanças, chegou-se a conclusão de 2010 teria que pagar e por indicação das finanças online deveria dirigir as finanças com o comprovativo do abate para requerer o anulamento do iuc 2011. Nas finanças dizem que tenho que pagar porque as indicações são claras e a data que conta é do IMTT, e com descaramento dizem para me deslocar ao IMTT, no IMTT tenho 64 pessoas a minha frente e acabo privilegiar o contacto telefónico com a instituição. Resultado, como a empresa que fez o abate não é uma empresa da lista da valorcar, o prezo de anulamento da matricula é mais demorado e por este motivo a data de anulação de matricula logo terei que pagar o IUC de 2011 também (por uns míseros 3 dias). Não sei como me safar, o que me deixa mesmo irritado é as entidades especialmente as publicas trabalharem tao mal e terem um total desrespeito para com os contribuintes.

  21. Bom dia.

    No meu caso, após acidente e o seguro “oposto” o considerar perda total, vendi o salvado à empresa mandatada pelo meu seguro para procederem ao abate.
    Após troca de toda a documentação, recebi o certificado de abate em Janeiro deste ano.
    Agora recebo notificação para pagar o IUC e verifico no site do IMTT que a matrícula não foi cancelada, quando tal deveria ter sido feito por esse operador de desmantelamento.
    Tenho uma semana para pagar o IUC e não sei o que fazer. Pode ajudar-me?
    Obrigada.

  22. Boa tarde, vendemos um veiculo batido em 2011 para reparação, na altura foi preenchida a declaração de compra e venda com o sujeito ativo e passivo preenchidos e declaração devidamente assinada. Na semana passada recebemos um telefonema de um cartorio/notario a dizer que uma senhora estava para registar o veiculo e que tinha uma declaração de venda assinada por nós sem dados do sujeito ativo. Esta declaração é falsa. Contatei a senhora que “comprou” o veiculo alertando para o fato. Estou a pensar em mandar apreender o veiculo visto que alguem cometeu um crime de falsificação. Podem-me dar sugestões? Obrigado.

  23. Vendi um carro em dezembro e ainda o comprador não passou a seu nome o carro, eliminou o numero de tlm para não falar comigo, ao fazer a apreensão, esta informação vai as finanças por causa do IUC?

  24. Foi-me apreendido um carro 2010 para canselar a matricula era preciso o livrete e registo de propriedade que estava em poder das finanças recusaram-se a darme os decomentos enquanto não pagase a coima que deu origem a apreensãõ.Sera que o selo é da minha responsabilidade quando o veiculo esta apreendido?´

  25. Bom dia,

    Vendi uma viatura à 13 anos a um Stand em troca da compra de outro carro pois este mesmo Stand vendeu a viatura a outra pessoa sem ter passado para o nome dela agora passado estes anos todos recebi das finanças uma carta para pagar IUC de 2009 a 2012.
    Sei o nome do proprietário actual mas não sei a morada
    Em 2011 fiz apreensão da viatura pela internet para o IMTT até hoje não recebi resposta será que pela internet é valido?
    E nas finanças o que tenho de fazer?
    O que fazer perante esta situação?

    Grato pela atenção prestada ao assunto
    Atentamente
    Aguardo resposta

    • Caro Alberto

      Pelo que descreveu, terá que pagar o IUC de 2009 e 2010. Quanto a 2011, não sei. Vá às Finanças e leve os documentos comprovativos de que mandou apreendeu a viatura. De certeza que o ajudam.
      Cumprimentos

  26. Estou com um problema e não sei como resolver…

    Comprei em 2010 num “stand” uma carrinha Renault Express velhinha por 500euros apenas para ir á lenha.
    Passados alguns meses fui á inspeção e reparam que a gravação do nº de chassis estava “martelada” e foi reprovada.
    Fui novamente ao “stand” e disseram-me que era inpossivel porque o antigo dono era policia…
    Enfim, depois de muito bla, bla, deixei a carrinha e os documentos, preenchi uma declaração de venda e trouxe outra carrinha.
    Pensava eu que estava tudo resolvido mas agora sei que fui muito estupido.
    Passou um ano e quando fui pagar o IUC verifiquei que a Expresso ainda está em meu nome.
    Tentei encontrar o tal “stand” mas já não existe, fui ao IMTT e pedi através de impresso próprio o cancelamento da matricula, online tambem cancelei a matricula e fui ás finanças tentar provar que já não tenho aquela viatura.
    “Nada feito, até o IMTT informar disso não podemos fazer nada”.
    Anda há cerca de 3 anos a tentar resolver este problema e não vejo como…

  27. Boa tarde…informo que todos os casos relatados tem solução…admito que algumas informações dadas por alguns balcões do IMTT estejam a ser mal dadas,porque eles devem-se reger pelas mesmas leis…como disse todos os casos aqui relatados tem solução!Pelas leis em vigor….

  28. Já alguem conseguio resolver este problema de vez?
    Ainda estou na mesma situação que falei e cima. Ja mandei apreender avolta de 1 ano e nas finanças ainda esta em meu nome.

    Cumps

  29. Eu estou na mesma situação vendi uma carrinha em 2007 mas não recebi um recibo de venda. O novo dono nunca passou para o seu nome e só vim a descobrir agora porque recebi uma carta das finanças para pagar os impostos desde 2007 a 2012 inclusive. Agora tenho que cancelar a matrícula só não sei como pedir um mandado de busca a garagem onde ficou o carro :cry:

  30. Compreendo todas as situações de desespero que aqui foram expostas porque também ando no mesmo. Todas as sugestões de levar papelada às finanças ou ir ao site do Automóvel Online é perda de tempo. esse site, não onbstante ser do M.J., não é reconhecido pelo IMTT Pasme-se…E as finanças somente querem receber a prata ” Está em seu nome, PAGUE!!! “. País da treta!

  31. Bom dia, em 05/2009, dei o meu carro para peças, ficando o Sr. Encarregue de tratar dos documentos, só que ao consultar as finanças reparei que ainda consta o veículo em meu nome, tendo já dois anos de imposto de veículo em atraso. Hoje tive conhecimento através de um colega do site descrito acima na pagina, então efetuei a apreensão do mesmo, através desta via, acha que é o suficiente? ???? e como fazer o Sr. Pagar os selos em atraso??? obrigada desde já pela vossa atenção e disponibilidade.

    • Boa tarde Sónia

      Sugiro que se dirija às Finanças com a prova da apreensão da viatura juntamente com o documento da venda do veículo assinado pelo comprador e vendedor para tentar evitar o pagamento dos IUC em atraso. Caso não tenha forma de provar a venda da viatura, terá que pagar os IUC em atraso.

  32. Pois, como estava à espera o IMTT não aceitou a declaração da PSP a dizer simplesmente existe um pedido aberto no sistema para apreensão dos documentos. O mais estupido, é que nenhuma autoridade me passa mais nenhuma… mais estupido é a lei dizer que se a viatura estiver desaparecida à mais de seis meses, o proprietário pode pedir o cancelamento… e devia ser o IMTT a verificar junto das autoridades o estado do pedido de apreensão (eu fiz o pedido ao IMTT, não foi à PSP) e comprovar que as autoridades ou nada fizeram (e eu não posso continuar a ser penalizado por isso) ou então encontraram a viatura, e aí poder mandar abater, ou então que a viatura não foi encontrada… e ai cancelarem a matricula. No entanto andam todos a mandar para aqui e para ali, e só me resta continuar a gastar dinheiro e pagar ao advogado. Estou farto…

  33. Jorge Manuel Ferreira da Cunha

    Novº 2009 – Dei por troca, no stand, a minha viatura um Citroen ZX na compra da que uso ainda.
    O Citroen ZX foi apenas vendido em Dezº de 2010. Ninguém pagou o IUC de 2010, 2011, 2012, nem mudaram o proprietário.
    Descobri isso apenas em Julho de 2011. O IMTT recebeu pedido de apreensão de documentos. Enviei pedido de apreensão do veículo para o Automóvel Online.
    O IMTT conta-me a “treta” de que tenho que arranjar uma declaração da PSP; a PSP já se recusou formalmente a fazê-lo por mail(além das 5 esquadras que visitei…).
    Há alguma autoridade neste país que ainda se preocupe com os cidadãos que cumprem as suas obrigações ou estamos entregues a um bando de “Pilatos” que dizem sempre que a responsabilidade é do “outro serviço”?

  34. Eu estou na mesma situação, viatura vendida em 2006, mandada apreender em 2009, o IMTT pede agora para levar declaração das autoridades em como não encontraram a viatura, e as autoridades dizem-me que devido aos imensos pedidos de apreensão efetivados pelo IMTT nunca deram entrada do meu processo, pelo que não me passam declaração alguma. Andam a gozar comigo, e estou farto de gastar dinheiro em viagens e telefone e pedidos. Agora as Finanças vêm novamente à carga com ameaças sobre o IUC… já não sei mais o que fazer :(

    • Agora na PSP deram entrada do processo (que deveria ter dado entrada em 2009) e passaram-me uma declaração que simplismente diz: Existe no nosso sistema um pedido de apreensão de documentos feito pelo IMTT para o veiculo matricula XX-XX-XX. Duvido que funcione. Para semana lá farei mais uma viagem ao IMTT para ouvir mais algo tipo… hummm, isto assim não serve. Depois informo.

  35. Boas,

    Estou com o mesmo problema do Paulo Soares a resposta foi identica. Dizem para falar com um advoado para o mesmo tratar do não pagamento do IUC.

  36. Em Novembro do ano passado , solicitei a apreensão dos documentos da viatura que vendi, junto do IMTT. Passados 12 meses, a informação que o IMTT me fornece, é que não pode ser cancelada a matricula. Não padem fazer nada!
    Podem dar-me alguma informação, para resolver esta situação.
    Obrigado
    Paulo Soares

  37. Esqueceram-se de dizer que o IUC tem que ser pago até à data da transferência de propriedade (pelo antererior proprietário) ou até ao cancelçamento da matrícula em virtude de abate efectuado nos termos da lei (artº 4º nº 3 do CIUC)

  38. Boa tarde,

    Esta situação é usual e recorrente, deverão dirigir-se à Direcção Geral de Viação, com o documento de venda do veículo e solicitar a correcção dos dados.

    Bom trabalho

    Paula Pontes

Deixar Comentário

E-


[ Ctrl + Enter ]