Como consegui que a seguradora assumisse um sinistro automóvel declinado à partida

A 08-11-2010 um cliente meu teve um sinistro automóvel à saída de uma auto-estrada. Tinha seguro automóvel de Danos Próprios.

A viatura foi peritada e verificou-se que não tinha sido inspeccionada em Junho, quando deveria ter sido.

A falta de inspecção é motivo para a seguradora não assumir o sinistro, conforme expliquei num artigo anterior.

Nas condições gerais do seguro automóvel, consegui encontrar uma possibilidade que me permitiu abordar a seguradora da seguinte forma:

– Falei do procedimento da empresa em relação à gestão das viaturas

– Solicitei ao cliente facturas de revisão e manutenção da viatura, bem como facturas da Via Verde

– Apelei ao bom senso da seguradora quanto ao esquecimento relativo à inspecção.

A seguradora decidiu, com base na minha exposição, rever o processo.

No dia 18-12, recebi um mail da seguradora a informar que iria assumir a responsabilidade.

Acabou da melhor forma e tenho a certeza que o cliente está satisfeito.

Há alturas em que me sinto muito orgulhoso pelo trabalho realizado. Custou, mas consegui!

Os meus clientes têm e terão um apoio até ao fim na resolução dos problemas. Como exemplificado neste caso particular.

Este foi um caso que, pela sua especificidade, se justifica partilhar convosco.

Comente e acompanhe o nosso blog no Facebook.

Cordiais Saudações e um Feliz Natal!

Pedro Monteiro

Deixe um Comentário

0 Comentários.

  1. Caro Pedro Monteiro

    Sem duvida um bom trabalho , mas na realidade situações identicas a esta (falta de inspecção )são sempre discutiveis e não são muito dificeis de fazer as seguradoras recuarem.

    Há uma coisa muito importante que , em tribunal é sem duvida avaliada e pode deitar a baixo a posição da seguradora . Trata-se do nexo causal do acidente .

    Cumprimentos

Deixe um Comentário


NOTA - Você pode usar estesHTML Tags e atributos:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>